terça-feira, 26 de abril de 2011

História da Osteopatia por A.T. Still

“(...) pode-se dizer que essa foi minha primeira descoberta na ciência da Osteopatia. Comecei a odiar drogas cedo na minha vida. Um dia, quando tinha cerca de dez anos de idade, eu sofria de dor de cabeça. Fiz um balanço com o arado do meu pai, amarrei a corda entre duas árvores, mas minha cabeça doía demais para fazer balanço confortável, então deixei a corda cerca de oito ou dez centímetros do chão, no final lancei um cobertor sobre ela, e eu me deitei no chão e usei a corda como um travesseiro balançando. Assim eu me deitei de costas estirado, com meu pescoço do outro lado da corda. Logo me tornei relaxado e fui dormir, levantei em pouco tempo e a dor de cabeça tinha ido embora. Como não sabia nada de anatomia, não questionei como uma corda pode parar a dor de cabeça e enjoo que me acompanhava. Após essa descoberta eu relaxava meu pescoço quando eu sentia os sintomas chegando. Eu segui o tratamento vinte anos antes da cunha da razão atingir meu cérebro, e eu pude ver que havia suspendido a ação dos nervos grande occipital, e restaurei a harmonia do fluxo de sangue arterial para e através dos vasos, como o leitor pode ver. Tenho trabalhado desde os dias de uma criança, por mais de cinquenta anos, para obter um conhecimento mais aprofundado do funcionamento da máquina da vida, para produzir facilidade e saúde. E hoje eu sou, como me foi há cinquenta anos, completamente estabelecida na crença de que a artéria é o pai dos rios da vida, saúde e conforto, e sua lama ou água impura é o primeiro em todas as doenças. (...)”

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Osteopatia e Tratamento da Diabetes

Infelizmente aqui no Brasil a Osteopatia só é reconhecida pelo ótimo trabalho e resultados no que diz a problemas de coluna. No entanto a Osteopatia pode fazer muito mais pela saúde das pessoas.

No que diz respeito a tratamento da diabetes, a Osteopatia pode ser uma ótima arma para o controle glicemico. Com o tratamento Osteopatico, mais dieta é possível diminuir significativamente o uso de medicamentos, melhorando a qualidade de vida.

Existem trabalhos que comprovam essa eficácia, além de eu poder afirmar que em minha prática tenho tido bons resultados.

abaixo segue um link para artigo sobre o assunto;

Se quiser saber mais sobre a Osteopatia, o site  www.colunasemdor.com.br voce encontra boas informações.

Em países desenvolvido antes de se procurar um médico é mais comum que se procure um Osteopata, pois se inicia um tratamento totalmente voltado para o causador do problema, obtendo assim ótimos resultados, com o mínimo de intervenções cirúrgicas e medicamentosas.