terça-feira, 17 de julho de 2012

Bandagem Funcional Dynamic Tape - DT



Autor. Felipe Ribeiro Mascarenhas


Dynamic Tape é uma metodologia de Bandagem funcional, que utiliza fitas com propriedades visco elásticas, ou seja, com grande porcentagem de deformação.
Foi projetada para permitir as amplitudes completas de movimento, sem restrições, mas fornecendo um forte apoio e estabilidade. Permite uma boa deformação em todos os eixos de movimento podendo realizar trabalhos que não são permitidos com as fitas do tipo Kinesio Tape. Desta forma seu trabalho vem agregar ao trabalho realizado pelas outras, e não substituir.
A Dynamic Tape tem a propriedade de armazenar energia elástica, liberando a energia conforme um movimento é realizado. Com essas características, pode auxiliar ou resistir movimentos, e em alguns casos atua como um segundo músculo ao auxiliar o movimento.
É uma técnica que se incorpora facilmente no dia a dia do consultório refinando o trabalho biomecânico dos tratamentos.
A fita de Dynamic Tape é altamente adaptável a pele, com características hipo alérgicas, não toxica e não irritante, com tolerância a água e bastante durabilidade na fixação.
No que tange as diferenças entre a Dynamic Tape e a Kinesio Tape, devemos começar pelo material. A Kinesio Tape é feita de tecido de algodão, e Dynamic Tape de tecido visco elástico, com característica acetinada.
A Kinesio Tape tem uma elasticidade que não supera 40% de deformação, enquanto a Dynamic Tape tem mais de 100% de capacidade de deformação. Além disso a força elástica da Dynamic Tape, é muito superior a da Kinesio Tape.
O trabalho com a Kinesio Tape é essencialmente baseado em estímulos proprioceptivos, atuando sobre fuso neuro muscular, órgão tendinoso de golgi, e sobre nociceptores da pele. Desta forma ela tem a capacidade de estimular e inibir músculos, além de modular a dor.
Já o trabalho da Dynamic Tape, consiste em atuar sobre a Unidade Músculo Tendinea, realizando em primeiro lugar um trabalho mecânico, auxiliando ou resistindo ao movimento. Tem a capacidade de criar forças capazes de direcionar e alinhar um movimento além de sustenta-lo em toda a sua amplitude. Como efeito secundário ativa a musculatura profunda, reduz a dor, promove uma melhora no padrão de movimento e propriocepção, e ainda pode reduzir a fadiga muscular. É extremamente eficiente para ser usado durante atividades físicas e em exercícios de reabilitação.

Saiba mais sobre curso de Bandagem Funcional em:
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário