domingo, 9 de setembro de 2012

Quiropraxia


 Daniel David Palmer (1845-1913) foi, como Still um produto da região centro-oeste dos Estados Unidos na metade do século XIX. Apesar de não ter se formado em medicina, tornou-se conhecido por praticar  a  cura   magnética, transformando-se em terapeuta manipulativo autodidata. Ainda há controvérsia a respeito de Palmer ter sido ou não paciente ou aluno de Still em Kirksville, Missouri, mas sabe-se que Palmer e Still conheceram-se  em  Clinton, lowa, no início do século XX. D.D. Palmer circulou bastante pelo país e fundou sua primeira escola em 1896. Os primeiros colégios foram os de Davenport, lowa, e de OklahomaCity, Oklahoma.
    Embora D.D. Palmer tenha recebido crédito pela origem da quiropraxia, foi seu filho, Bartlett Joshua Palmer (1881-1961), que impulsionou a profissão quiroprática. Segundo os conceitos originais de Palmer, a causa da doença era uma variação na expressão da função neural normal. Ele acreditava na "inteligência inata" do cérebro e do sistema nervoso central e achava que alterações na coluna vertebral (subluxações)  alteravam  as    funções  neurais , provocando   a  doença.  A remoção da subluxação pelo ajuste quiroprático era considerada como tratamento. A quiropraxia jamais preconizou ser uma escola total de medicina e nãoensina cirurgia nem o emprego de medicamentos, além de vitaminas e analgésicos simples. Permanece então uma cisão, dentro da profissão quiroprática, entre os "conservadores", defensores e adeptos dos conceitos originais de Palmer, e os "liberais", que acreditam numescopo mais amplo da quiropraxia, que inclui outras intervenções terapêuticas, como a fisioterapia, a eletroterapia, dieta e vitaminas.
      Em meados da década de 1970, o Council on Chiropractic Education (CCE) (Conselho de Educação Quiroprática) requereu ao Departamento de Educação dos Estados Unidos seu reconhecimento como órgão credenciador da formação quiroprática. O CCE foi intensamente influenciado pelos colégios de tendências mais liberais, o que levou a um aumento das exigências educacionais, tanto antes quanto durante a formação quiroprática. A quiropraxia é exercida em todo o mundo, mas a vasta maioria da formação quiroprática continua ocorrendo nos Estados Unidos. O final dos anos 1970 encontrou expressivo aumento no reconhecimentoda quiropraxia na Austrália e na Nova Zelândia, e seus adeptos são participantes de programas de saúde nesses países.
           

Referências
GREENMAN, Philip E. Princípios da Medicina Manual. 2 ed. São Paulo: Editora Manole, 2001.

Nenhum comentário:

Postar um comentário